Mensagens

A mostrar mensagens de 2014

Lembrado em Londres

Se passas, ele não sorri / Porque não quero um amor

Mudança??

Já é altura...

Vi o mar - solidão!

Vai-te foder (ou vão-se foder!)

De volta às velhas estradas

Por amor...

Tu não fazes ideia, pois não?!...

Alívio do Coração

É Apenas Outra Noite

Sou Tudo Sem Ser Nada

Eu Não Danço

Coisas que já deveriam ter partido...

Que me importa?...

Opções

O que há a dizer?

Indo embora, em breve...

Dias fora... dias de poesia...

Ideias, ideias... mais ideias...

O Que Sonhei

Quem diria?...

Respeito

A Morte anda à espreita...

Elogios inesperados

Hoje vi-te

Vida, Verdade, Pensamento

"Sticks And Stones may break my bones, but Whips and Chains excite me!"

Filho

Sempre quis entender-me

Fado, os antigos e os mortos

Nostalgia

Merda

Poesia... sentimentos de escrita...

O que resta?

Tristeza, amor, sentimentos

Caminhos de indiferença

Devaneios - Loucuras!

Thessaloniki... como não desejar-te?

Tenho saudades - devaneios!

A sós, na penumbra do quarto

"rasga esses versos que eu te fiz, amor..."

parece-me que se passaram cem anos

algumas ideias e alguns pensamentos!

Enquanto viver

O meu humor não está dos melhores

Trabalho... mais trabalho ainda...

Pensamentos...

Camões escreveu, Amália cantou: o meu retrato!

Feliz Ano Novo